Qual o carro elétrico mais barato?

Os modelos elétricos são cada vez mais populares

Qual o carro elétrico mais barato
(Foto: Divulgação)

O carro elétrico mais barato, de acordo com as análises e comparações, é o Caoa Chery EQ1. O pequeno notável chega para mostrar que tem potencial para ganhar mercado. Está nas lojas para o desafio de popularizar os carros elétricos o quanto antes. O EQ1 tem preço sugerido de R$ 150 mil.

O marketing do modelo já é focado e coloca-lo com o carro elétrico mais barato do Brasil. Mesmo pequeno, bem compacto, tem um preço superior a um veículo popular. Isso, pois o que oferece o coloca em um patamar diferente. Só o fato de ser elétrico já o encarece, em relação a carros à combustão.

A montadora chinesa não estreia esse tipo de propulsão com o EQ1. Outros carros “recarregáveis” já rodam. Alguns deles são SUVs, por exemplo. Mas o assunto aqui é carro elétrico mais barato. Sendo assim, os outros modelos Chery ficam para outro papo.

O novo modelo chega para desbancar o atual carro elétrico mais barato, que é o JAC E-JS1. Essa disputa promete ficar cada vez mais acirrada. No mundo todo há movimentos na direção de emitir menos poluentes e criar carros mais seguros, confiáveis e com motores mais interessantes.

Qual o carro elétrico mais barato do Brasil hoje?

O carro elétrico mais barato do Brasil hoje pode ser considerado o JAC E-JS1. Ele custa, de acordo com os valores sugeridos, R$ 150 mil. Esse posto pode mudar com as novidades do mercado. O novo Caoa Chery EQ1, por exemplo, tem preço sugerido igual, mas pode ser considerado mais barato com as campanhas de lançamento.

A novidade chinesa já é testada no Brasil e é estrategicamente encaixado nos planos para a popularização dos elétricos por aqui. Há uma fábrica da Chery no interior de São Paulo, mas o modelo elétrico será importado da China. Chegará em terras nacionais com a versão mais nova.

O motor elétrico usado é o de 55 kwh. Essa configuração oferece até 75 cavalos de potência para o modelo. Ele alcança velocidade máxima de até 120 km/h (quilômetros por hora). Há duas possibilidades em termos de autonomia, aumentado as opções aos interessados.

A primeira versão tem autonomia de até 301 quilômetros. Outra versão, anda até 408 quilômetros após uma carga completa. O carro é mais leve e, segundo a marca, mas seguro, devido à carroceria de alumínio. Ele já roda na China desde 2017. O carro já vendeu mais de 200 mil unidades, sendo assim, se tornou interessante como uma aposta fora da China.

Qual o carro elétrico mais barato da Renault?

O carro elétrico mais barato da Renault é o Kwid elétrico. O carro em sim já é bem conhecido no Brasil, mas a versão elétrica ainda é novidade. E uma novidade mais barata do que a maioria da concorrência. É mais uma aposta para popularizar os carros elétricos no brasil.

Ele também virá da China, mesmo sendo francês. A produção de carros híbridos também está nos planos da montadora. Outros modelos parecem animar a marca a colocar mais motores elétricos rodando no Brasil. O Kangoo EV, o Twizy e o Zoe, por exemplo, trouxeram números interessantes para a montadora. A ideia de querer colocar nas ruas o carro elétrico mais barato do Brasil é uma estratégia bem agressiva. Quem ganha é o consumidor.

Ele chegará no Brasil em breve e deve ser ainda mais barato do que o Caoa Chery EQ1 e o JAC E-JS1. Por ser um modelo já conhecido no país, pode chamar mais atenção do que os novatos desconhecidos. O Kwid já é um sucesso de vendas. A versão elétrica, sem dúvida, será avaliada ao lado de qualquer outra opção da mesma categoria.

De acordo com o que foi divulgado por porta-voz da marca sobre o tema, à mídia especializada, a intenção do Kwid é mesmo ficar no topo das vendas. Quer ser o carro elétrico mais barato do Brasil, e tudo caminha para isso. O interesse do público é relevante para que os planos sejam mantidos.

Quanto custará o Kwid elétrico?

O Renault Kwid elétrico pretende ser o carro elétrico mais barato do Brasil. Custará menos do que os concorrentes, que custam R$ 150 mil. Os concorrentes, no caso, são o Chery EQ1 e o JAC E-JS1. Esses são os elétricos mais baratos atualmente.

A marca ainda estuda se fabricará híbridos o Brasil ou se os modelos seguirão importados. Tudo dependerá das vendas. Onde os carros são mais bem recebidos, vale a pena ter uma linha de produção por perto. A dúvida não é quanto às linhas de produção em sim, e sim com relação à produção de elétricos e híbridos.

Os movimentos do mercado andam para o fim dos populares à combustão. Os SUVs estão dominando tudo e os modelos mais compactos são apostas com motores elétricos. O Kwid, se continuasse como era, seria mais um popular agonizando no mercado. O se tornar elétrico, torna-se uma novidade muito interessante.

O Kwid elétrico que já roda pelo mundo tem dois nomes: Renault City K-ZE e Dacia Springs. O primeiro é vendido no mercado chinês. O segundo é feito para o mercado europeu. Para ficarem mais baratos, contam com conjuntos menores de baterias e motor elétrico.

Quais são os carros elétricos vendido no Brasil?

Os carros elétricos vendidos no Brasil já alcançaram uma gama interessante. Temos, várias marcas já disputando esse mercado.

– JAC E-JS1 – R$ 149.900

– JAC iEV20 – R$ 159.900

– JAC iEV40 – R$ 189.900

– Renault Zoe – R$ 204.990

– Fiat 500e e Mini Cooper S E – R$ 239.990

– Peugeot e208 GT – R$ 244.990

– JAC E-JS4 – R$ 249.900

– Nissan Leaf – R$ 277.990

– BMW i3 – R$ 304.950

Essas são algumas das opções já disponíveis no mercado. Vale lembrar que a tendência dos carros elétricos é cada vez mais evidente. Os combustíveis não devem estar em um futuro de longo prazo. A energia renovável, elétrica ou solar por exemplo, deve dominar tudo.

Ao descobrir quais são os carros elétricos vendidos no Brasil, quem pesquisa já fica por dentro da gama de opções. Os primeiros modelos são pequenos, mas estilosos. Como o tempo, ficarão maiores, mais fortes e continuarão elétricos. Até mesmo os motores híbridos deverão ser aposentados em alguns anos.

Além da montadora JAC, que não é tão popular quanto as outras da lista, vemos concorrentes de potencial. Temos marcas como Fiat, Peugeot e até BMW. Portanto, falta de opções não é um problema. Conheça bem esses carros, pois eles vão ganhar mais espaço a cada ano.

Leia também:

Bolt EV 2023 é elétrico com desempenho incrível e visual diferenciado

Novo X1 2023 inicia nova geração com design e desempenho renovados

Novo Fiat Panda 2023 é carro elétrico mais acessível em preço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *