Novo Renault Bigster deve ser um sucesso estrondoso

Modelo, focado na marca Dacia, tem no preço seu maior trunfo

Novo Renault Bigster
(Foto: Divulgação)

Os planos estão em alta velocidade pela marca para lançar o novo Renault Bigster, e pelo que tudo indica, o SUV está pronto para ter um retumbante sucesso de vendas.

A Renault percorreu um longo caminho desde o final dos anos 60, quando o ex-presidente da Romênia Nicolae Ceauşescu exigiu que o país começasse a fabricar automóveis para o público e o Partido Comunista Nomenklatura.

Pouco tempo depois, o Dacia 1100 original foi apresentado ao público, mas o modelo parecia bastante maçante e não impressionou com seu desempenho ou aparência.

Avançamos para 1999, quando a fabricante francesa de automóveis Renault entra em cena e assume a “Automobile Dacia”. Desde então, a marca romena foi ressuscitada, ganhando legiões de fãs que estavam à procura de um carro confiável, com bom desempenho e acessível. Não só isso, mas também quebrou recordes de vendas e ganhou vários prêmios por seus preços competitivos.

Novo Renault Bigster preço
(Foto: Divulgação)

Não há dúvida de que, com o novo modelo da Dacia, o Bigster, o fabricante de automóveis romeno, conquistará o segmento de SUV elétrico de luxo.

Se, até agora, os consumidores associaram a Dacia a carros acessíveis e confiáveis, o Bigster é previsto para mudar a narrativa. Para isso, a Renault anunciou um novo plano de negócios de 5 anos em janeiro de 2021 que coloca o foco na marca Dacia.

Para tal, o novo Renault Bigster se tornará a ligação entre a Renault/Dacia e novas demografias que geralmente preferem carros premium e de luxo em vez de veículos acessíveis, mas menos chamativos.

Novo Renault Bigster: Por que ele e por que agora?

O fato de o Bigster ser um híbrido atrairá a classe eco-guerreira que se preocupa em salvar o planeta e construir um futuro sustentável.

Uma pesquisa da Kroll 2019 mostrou que 26% dos entrevistados americanos e 61% dos entrevistados chineses preferem um motor elétrico híbrido. Considerando o aumento dos preços da gasolina, é seguro dizer que mais consumidores recorrerão a carros híbridos e elétricos em um futuro próximo.

Igualmente importante, em 2020, o Grupo Renault anunciou um foco renovado na China. A nova estratégia priorizará Veículos Elétricos (EV) e Veículos Comerciais Leves (LCV) para o mercado chinês. Embora o Bigster não seja um EV, ainda está muito perto dele. Além disso, seu visual “robusto” e preço acessível poderia transformar o Bigster em um sucesso esmagador no mercado chinês.

Por fim, os SUVs em tamanho real são “populares” entre os consumidores chineses. Como tal, não é muito improvável acreditar que os consumidores chineses vão adorar a gigante de 181,1 polegadas que terá um preço econômico.

Por que o novo Renault Bigster pode ser um sucesso estrondoso?

Novo Renault Bigster Brasil
(Foto: Divulgação)

Tudo está ficando mais caro hoje em dia. A Car and Driver relata que no verão de 2021, o preço médio de um carro novo foi acima de US $ 40.000. Avançando para dezembro de 2021, e o preço médio de um carro novo nos EUA subiu para impressionantes US$ 47.077!

A Kelley Blue Book coloca as coisas em perspectiva dizendo que, em 2019, o preço que os americanos pagaram pelo carro novo médio aumentou em US$ 1.799. Um ano depois, subiu para US$ 3.301. Pior ainda, em 2021, o preço que os americanos pagaram pelo carro novo médio aumentou em US$ 6.220.

Se os preços continuarem subindo, o Bigster pode ganhar o mercado americano mesmo sem uma campanha de marketing esmagadora por trás disso. Várias fontes relatam que a Renault está mirando um preço de entrada de £20.000 (US$ 25.000) no Reino Unido.

No entanto, há um problema “menor” com o mercado americano – a marca Dacia ainda não é vendida lá.

Atrativos exclusivos do Dacia Bigster

O preço não é o único atrativo do Bigster. Os motoristas conscientes do orçamento vão adorar o compromisso do Grupo Renault com preços acessíveis e baixos custos. Mas esse não é o único ponto a ser considerado.

Na verdade, o novo Renault Bigster também tem um visual contemporâneo. E embora o interior ainda não tenha sido revelado, especialistas do setor preveem que será bastante espaçoso, já que o Bigster vem em versões de cinco e sete lugares.

Quanto ao design, os aficionados pela Dacia ficaram encantados ao descobrir que o Grupo Renault nomeou em setembro de 2021, o diretor de design da Aston Martin, Miles Nurnberger, como chefe de design da marca romena.

Os concorrentes e rivais do Dacia Bigster

É difícil encontrar um SUV deste tamanho a um preço tão acessível, mas o Bigster ainda tem vários concorrentes fortes. Na Europa, este automóvel acessível e confiável provavelmente competirá contra o Kia Sorento, Škoda Kodiaq e Volkswagen Tiguan.

Além disso, a terceira geração da Dacia Duster deve chegar ao mercado em 2024, de modo que o Bigster terá um concorrente interno.

O Grupo Renault já anunciou que haverá diferenças entre o Duster e o Bigster. De acordo com Denis le Vot, CEO da Dacia & Lada Brands, o Duster é um SUV “áspero e resistente” que também terá versão 4×4, enquanto o Bigster será mais longo; assim, mais confortável e melhor adaptado para viagens mais longas.

Fonte: Hotcars.

Leia também:

Novo Ferrari Purosangue 2023 é o primeiro SUV da Ferrari e o carro mais caro da marca

Nova Ford F-150 Raptor: A picape poderosa que encara a Ram TRX

Nova S10 Cabine Dupla 2023 é a picape que todos gostariam de ter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *