Nova Chevrolet Spin ganha visual da Montana e mantém plataforma atual

Minivan de sete lugares tem concorrentes que exigem atualização do modelo

Nova Chevrolet Spin
(Foto: Divulgação/Reprodução)

Os modelos de sete lugares estão ganhando espaço no mercado. Cada marca que tem um concorrente nesse segmento tenta torar o carro mais atraente. A nova Chevrolet Spin, por exemplo, pega carona no sucesso de uma picape: a nova Montana.

O modelo será renovado e assumirá o estilo visual da picape. Algo que indica, praticamente, o início de uma nova geração. Esse é um carro que vende muito bem, mas, para se manter no topo, é preciso se atualizar.

A minivan chegou ao mercado em 2012. Apesar de ter ido bem e ganhado espaço, o carro não tinha um visual muito bacana. Pelo contrário, a cara da Spin rendeu até brincadeiras e memes que fizeram a Chevrolet se atentar ao detalhe.

Nova Chevrolet Spin aposta no visual para encarar concorrentes

A primeira mudança de visual ocorreu em 2018. A estética se modernizou. Nessa altura do campeonato, a marca já entendia que a minivan tinha potencial, mesmo sendo meio “feia”. A atualização manteve os pontos fortes, mas a cara precisou mudar.

A mudança atual, em suma, tem como objetivo mante o modelo competitivo, pois, a concorrência vem babando para tomar o posto. Temos nomes de peso, como o Hyundai Grand Creta e o Citröen C3 de sete lugares.

Para esse desafio bem complicado, um facelift é crucial. A nova Chevrolet Spin, portanto, ganhou uma cara baseada no que parece estar funcionando. A nova Montana, uma picape bastante esperada, é a base em termos de visual. A cara do modelo foi adotada como padrão, no caso.

Plataforma

nova chevrolet spin preço
(Foto: Divulgação/Reprodução)

Vale lembrar que a base mesmo não mudou. Ou seja, a Spin segue com a mesma estrutura. Uma nova geração, de fato, poderá trazer mudanças mais significativas nesse sentido. Por ora, o foco é ficar mais bonita e continuar vendendo satisfatoriamente. A plataforma atual é a GSV.

A Montana, essa sim, chega em nova geração. A picape é aguardada há um tempo e a curiosidade dos interessados foi recompensada. O modelo chegou reestilizado e pronto para o futuro e para disputar em grande estilo.

Mais novidades estão na parte de dentro. Os detalhes internos e as estampas estão atualizadas. Na parte de motorização há alguns chutes quanto ao que pode ser transformado para atualizar o carro.

Motorização da nova Chevrolet Spin

As possibilidades apontam para um motor 1.0 ou um 1.2 de três cilindros turbo flex. Esse é um propulsor da família CSS Prime. Vemos essa família no Onix e também no Tracker. Portanto, é um motor familiar à Chevrolet.

Outra possibilidade é a manutenção do 1.8 flex aspirado de oito válvulas. Pode ser que, de fato, a marca aposta mais no visual e mantenha o máximo de características do modelo atual.

Leia também:

Nova Foxtron Model V: Fabricante do iPhone lança picape elétrica incrível

Novo Jeep Avenger: Conheça o “mini renegade” com motor 1.2 turbo

Nova Ford Maverick Lariat 2023 chega custando R$ 239.990

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *