Nova Fiat Toro maior pode chegar como uma picape RAM 

O mercado das picapes é disputado no mundo todo. Em algumas partes do mundo essa briga emaie acirrada. Nos EUA, por exemplo, a coisa é bem acirrada. A nova Fiat Toro maior do que vemos é uma aposta para o país.

A Toro entra em cena por lá após a Stellantis observar o sucesso de modos como a Fird Maverick e a Hyundai Santa Cruz.
A Fiat Toro chegou ao Brasil pela FCA, que já não opera mais. A picape não interessou ao mercado norte-americano, pois não tinha as dimensões que são bem vistas por lá.
No Brasil, foi considerada uma aquisição de sucesso e é um dos carros mais vendidos. Nos EUA foi considerada pequena e desinteressante. Agora, isso deve mudar.

Nova Fiat Toro maior tem caminho aberto

Nova Fiat Toro maior Brasil

(Foto: Divulgação)

Mesmo não sendo “padrão EUA de dimensões” a Toro chamou a atenção fora do Brasil. Construída em plataforma minobloco e com cabine estendida, o carro se diferenciou.
Por não ser feita sobre chassi, oferece dirigibilidade fora do comum a picapes. A pegada é mais de um SUV do que de uma caminhonete.
A Ford Maverick foi por essa linha. A Hyundai Santa Cruz também. O sucesso interessou às marcas que não tinham começado nessa onda, como a Stlantis e sua RAM. Tanto a RAM quanto a Fiat pertencem à Stellantis.

RAM Toro

Durante entrevista à  mídia especializada, Mike Koval, alto executivo da RAM disse algo relevante. A marca estaria con entrada em uma picape abaixo da RAM 1500.
A nova Fiat Toro maior seria chamada de RAM 1000. Na fábrica onde a Toro é fabricada, em Goiânia (GO) rola um projeto secreto, chamado nos corredores de “Torona”.
Leia também:

Nova RAM 2500 Rebel com motor à diesel e pegada off-road

Novo GWM Haval Cool Dog: SUV chinês pode vir ao Brasil para encarar modelos Jeep

Novo Toyota Corolla faz 30 km/l com motor híbrido 

Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *