Descontos nos carros novos para pessoas físicas são prorrogados pelo governo

Isso não agradou empresas, como locadoras de carros

desconto carro novo Brasil
(Foto: Reprodução)

Bom, temos uma novidade! O governo federal decidiu estender por mais 15 dias as vendas exclusivas de carros novos para pessoas físicas, com desconto, até o valor de R$ 120 mil. Essa decisão acabou frustrando as expectativas de empresas, como locadoras de veículos, que esperavam ansiosamente pela liberação para participarem do programa.

No entanto, o governo liberou a compra de caminhões e ônibus por pessoas jurídicas (PJs) a partir desta quarta-feira (21), o que pode beneficiar empresas como a Vamos (VAMO3).

As vendas exclusivas dos carros “populares” para pessoas físicas começaram no dia 6 e deveriam encerrar nesta quarta-feira (21), mas já estava previsto na MP 1.175 que poderiam ser prorrogadas por mais 15 dias – e foi exatamente o que aconteceu.

A portaria com essa decisão foi publicada em uma edição extra do Diário Oficial da União na noite de quarta-feira (20) e é assinada pelo vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB).

Economizando dinheiro

desconto carro novo governo
(Foto: Reprodução)

Essa prorrogação ocorre em meio à grande demanda dos consumidores pelos carros com subsídio do governo. O MDIC já liberou R$ 320 milhões dos R$ 500 milhões em créditos tributários disponíveis para o programa – ou seja, 64% de todos os recursos destinados aos veículos dessa categoria.

Segundo a Fenabrave (federação das concessionárias), o movimento nas revendas mais que triplicou durante a primeira semana de descontos, e os R$ 500 milhões disponíveis para a venda de carros com desconto provavelmente não vão durar mais do que 30 dias.

O ministério informa que as montadoras já solicitaram a liberação de mais recursos, mas essas demandas ainda estão sendo analisadas. Dos R$ 320 milhões que já foram liberados, mais de R$ 130 milhões foram destinados à FCA Fiat Chrysler (mais de 40% do total solicitado por todas as empresas).

Fiat na frente com mais descontos

A Fiat é a montadora com mais modelos que recebem subsídio do governo e realizou um “Dia D” de ofertas no último fim de semana para impulsionar as vendas. Em seguida, temos a Volkswagen (R$ 50 milhões); Peugeot/Citroën (R$ 40 milhões); Renault (R$ 30 milhões); Chevrolet – General Motors e Hyundai (R$ 20 milhões cada) e Honda, Nissan e Toyota (R$ 10 milhões cada).

Vale destacar que o governo considera a Jeep como parte do grupo FCA Fiat Chrysler (juntamente com a Fiat) e a Peugeot e a Citroën como uma única montadora. No entanto, todas essas quatro empresas fazem parte do mesmo grupo automotivo, a Stellantis. Além disso, a General Motors (GM) é a proprietária da Chevrolet.

Leia também:

Novo Sandero elétrico será lançado em 2027

Novo BYD e2: Carro elétrico custa R$ 75 mil e é maior que modelos populares no Brasil