Novo BYD e2: Carro elétrico custa R$ 75 mil e é maior que modelos populares no Brasil

Marca chinesa de elétricos investe no Brasil e projeta popularização de modelos

novo byd e2 lançamento
(Foto: Divulgação)

A BYD lançou o hatch elétrico que está chamando a atenção. O novo BYD e2 foi disponibilizado para o público geral na China, depois de ter sido oferecido exclusivamente para taxistas desde 2019. O modelo recebeu atualizações visuais e é posicionado entre o recém-lançado Seagull e o futuro Dolphin, que será lançado ainda este ano no Brasil.

Com um design familiar, o BYD e2 possui dimensões próximas às do Hyundai HB20 e do Chevrolet Onix, mas com um preço em torno de R$ 80 mil. No entanto, o hatch chinês se destaca em tamanho. Por exemplo, possui 4,26 metros de comprimento, enquanto o Onix tem 4,16 metros. Além disso, o e2 tem 1,75 metro de largura e 1,53 metro de altura.

novo byd e2 preço
(Foto: Divulgação)

No mercado chinês, o BYD e2 está disponível em duas versões de acabamento. A versão de entrada tem preço a partir de 102.800 yuan, o que equivale a cerca de R$ 75.900 na conversão direta e sem taxas. Já a versão topo de linha custa 109.800 yuan, ou seja, aproximadamente R$ 81 mil. Sob o capô, o hatch elétrico conta com um motor de 95 cv e 18,3 mkgf de torque. Além disso, possui uma bateria de 43,2 kWh, que oferece autonomia de até 405 km com uma carga completa.

Novo BYD e2 se inspira em outros modelos da mesma marca

O BYD e2 foi inspirado em outros modelos da marca, como o Dolphin e o Yuan Plus, um SUV que chegou ao mercado brasileiro no final de 2022 com alcance de 458 km. O hatch compartilha características visuais, principalmente na dianteira, onde há uma barra preta conectando os faróis. As entradas de ar no para-choques também se assemelham ao Yuan, embora o e2 tenha um visual menos robusto que o SUV. Na traseira, as lanternas unidas de ponta a ponta seguem o mesmo estilo.

novo byd e2
(Foto: Divulgação)

No interior, o destaque vai para a tela multimídia flutuante e rotativa, que concentra a maioria dos controles do carro. O volante é o mesmo do Yuan Plus. O modelo também chama atenção pelo painel de instrumentos digital e pelo acabamento de qualidade. No Brasil, considerando o preço na China, o BYD e2 poderia ser uma opção para competir com veículos elétricos de entrada, como o Renault Kwid E-Tech e o Caoa Chery iCar. No entanto, parece estar em um patamar superior em relação aos concorrentes.

Com o crescimento dos carros elétricos, o novo BYD e2 pode se tornar uma opção para quem quer entrar no mundo EV. Vamos esperar os próximos meses para vermos se a ascensão dos elétricos vai acontecer rapidamente ou não.

Leia também:

Jeep Renegade volta a ficar mais caro pouco após baixar preços com “pacote do carro popular”

Onix Plus é o carro mais econômico do Brasil pelo 4º ano consecutivo

Busca por carros novos triplica após anúncio de descontos, mas medida não durará muito tempo