Quais os principais problemas do Fiat Argo 2022?

Maioria dos problemas não são graves e o carro segue como escolha interessante na categoria

Quais os principais problemas do Fiat Argo 2022
(Foto: Divulgação)

Quais os principais problemas do Fiat Argo 2022? O Fiat Argo, lançado em 2017, chegou ao mercado brasileiro com o objetivo de conquistar os consumidores que antes preferiam o Palio. É o modelo da marca italiana para competir com os campeões de vendas, Chevrolet Onix e Hyundai HB20. Mas, para realizar uma boa compra, é importante saber quais os principais problemas do Fiat Argo.

Se você está considerando adquirir um Argo, é bom ficar por dentro dos principais problemas relatados pelos proprietários. Mas não se preocupe, a maioria dos problemas não é grave, como o recall de 320.000 Palio no início dos anos 2000, por falhas nos cintos de segurança.

Quais os principais problemas do Fiat Argo e a gravidade deles

Quais os principais problemas do Fiat Argo carro
Quais os principais problemas do Fiat Argo ? (Foto: Divulgação)

O Argo tem alguns defeitinhos ou características que podem incomodar alguns compradores. Vamos dar uma olhada nas principais reclamações:

Start/Stop: às vezes funciona, às vezes não

Um dos incômodos mais mencionados pelos proprietários é o sistema start/stop. Esse sistema tem a função de economizar combustível desligando automaticamente o motor quando o carro para, como em um semáforo, e religando quando o acelerador é pressionado.

O problema é que, em alguns Argos, o sistema para de funcionar ou “funciona quando quer”, mesmo com pouco tempo de uso. Alguns proprietários que contavam com esse sistema para economizar combustível ficaram frustrados com essa falha. Outros até preferem que ele não funcione, pois tiveram dificuldade de adaptação.

Caixa de direção: chiados incômodos

Outra reclamação comum é relacionada à caixa de direção. Os proprietários relatam um chiado ao esterçar o volante, como se faltasse lubrificação. Em fóruns na internet, alguns dizem que isso é uma característica do veículo, mas em redes sociais outros proprietários afirmam que se trata de um problema crônico na caixa de direção.

Vale lembrar que o conjunto de direção já foi alvo de recall em 2018, incluindo os modelos Cronos e Mobi, devido a uma solda defeituosa que poderia causar desacoplamento da coluna de direção.

Ruídos: Suspensão e vidros apresentam barulhos

Ruídos internos são sempre citados por proprietários de qualquer veículo, especialmente devido aos acabamentos com muito plástico rígido, que podem aumentar as vibrações e o barulho com o tempo. No caso do Argo, além dos ruídos internos, também há reclamações constantes de estalos na suspensão.

Outro barulho incômodo ocorre na proteção dos vidros. Proprietários relatam uma vibração excessiva nas portas, como se o vidro estivesse solto. Em alguns casos, o vidro até chegou a riscar e precisou ser substituído na concessionária.

Alarme: Dispara sem motivo

O alarme é outra dor de cabeça para alguns proprietários. Em situações isoladas, há relatos de alarme disparando sem motivo aparente, mesmo pouco tempo depois de comprar o veículo. Também existem relatos de travamento ou destravamento das portas sem a ação do motorista, além do acionamento involuntário para subir ou descer os vidros.

Transmissão: Câmbio GSR apresenta alguns problemas

O Argo conta com a transmissão GSR, uma transmissão automatizada de embreagem simples. É uma evolução do antigo Dualogic, que felizmente não está mais presente nos modelos zero-quilômetro vendidos atualmente.

Alguns proprietários relatam solavancos nas trocas de marcha e destacam que essa transmissão não é 100% automática, como a dos concorrentes. Isso faz com que muitos compradores prefiram um câmbio automático convencional ao adquirir um veículo usado.

Quais foram os motivos de Recalls do Fiat Argo?

Quais os principais problemas do Fiat Argo Brasil
(Foto: Divulgação)

Até o momento, o Fiat Argo teve chamados de recall para resolver os seguintes problemas: chicote elétrico do volante de direção, software da central eletrônica, relés do sistema de ignição, sensor de seleção de marchas e eixo intermediário da coluna de direção elétrica.

Em resumo, o Fiat Argo é um hatch bastante popular, mas como qualquer veículo, pode apresentar alguns probleminhas. É importante lembrar que nem todos os proprietários enfrentam esses problemas e que a maioria dos veículos está em perfeito funcionamento. Ao considerar a compra de um Fiat Argo, é recomendável fazer uma avaliação minuciosa, realizar um teste-drive e, se possível, obter um histórico de manutenção do veículo.

Leia também:

Fiat Fastback com desconto de “carro popular” fica R$ 4 mil mais barato

Novo Sandero elétrico será lançado em 2027

Onix Plus é o carro mais econômico do Brasil pelo 4º ano consecutivo