Toyota desenvolve carro elétrico com câmbio manual focado no desempenho e “diversão”

O prazer ao dirigir não será deixado de lado com a evolução dos modelos elétricos

carro elétrico câmbio manual
(Foto: Lexus)

As coisas ficaram tensas quando o ex-CEO da Toyota, Akio Toyoda, revelou sua intenção de deixar o cargo máximo da empresa para assumir a presidência. Muitos fãs de carros de alta performance ficaram preocupados. Eles temiam que a Toyota abandonasse os carros esportivos e voltasse seu foco para os veículos elétricos, a direção autônoma e o software, deixando a diversão ao dirigir de lado.

No entanto, essas preocupações foram aliviadas com a nomeação de Koji Sato como sucessor de Toyoda. Sato é um engenheiro experiente que já liderou a Lexus e a Gazoo Racing. E agora descobrimos que a Toyota está planejando algo empolgante à medida que abraça a era dos carros elétricos.

A divisão GR da Toyota, conhecida por seus carros de alto desempenho, está desenvolvendo um carro elétrico misterioso que prioriza o desempenho. A surpresa é que esse carro terá sons de motor reais e uma transmissão manual. Toyoda revelou essa informação durante um briefing na corrida 24 Horas de Le Mans, para um grupo seleto de jornalistas.

“Eu tive a chance de testar um veículo elétrico com bateria que a GR está desenvolvendo”, disse Toyoda. “A grande diferença entre esse carro elétrico e o que a GR está criando é que você realmente será capaz de ouvir o som do motor”, acrescentou. “Você simplesmente não sentirá o cheiro da gasolina.”

Enquanto outras montadoras, como a Ford com o Mustang Mach-E, tentaram simular os sons do motor através do sistema de som do carro, o carro elétrico da GR vai além para oferecer exatamente o que os entusiastas desejam.

“Ele terá uma transmissão manual. E também terá embreagens”, revelou Toyoda. Segundo o presidente, o objetivo é criar um carro de alto desempenho livre de emissões, mas com toda a sensação tátil e sonora de um carro a gasolina.

Toyoda não deu detalhes sobre o tipo de carro que estão desenvolvendo. Será um esportivo? Um hatchback? Ou algo completamente diferente? No entanto, ele sugeriu que terá um visual único.

“Se você colocar esse carro na frente de alguém e pedir para fazer um test-drive, e depois perguntar qual é a motorização, provavelmente não será capaz de responder corretamente”, disse ele. “Mas se olhar o carro por fora, a aparência será a de um carro elétrico.”

Quanto ao lançamento do carro no mercado, Toyoda não deu detalhes. Talvez ele não queira revelar essa informação neste momento, já que é o presidente da empresa. No entanto, ele destacou que a divisão GR está empenhada em explorar elementos essenciais em um carro, mesmo que seja elétrico.

O novo presidente da Toyota teve um fim de semana movimentado no Circuito de la Sarthe, onde recebeu o prestigiado troféu Spirit of Le Mans pela equipe GR, que conquistou diversas vitórias ao longo dos anos. Durante o evento, Toyoda também teve a oportunidade de pilotar um carro de corrida GR Corolla movido a hidrogênio, que está sendo utilizado na série Super Taikyu no Japão. Ele aproveitou a ocasião para discutir as possíveis aplicações futuras desse combustível nas corridas.

Toyoda destacou que o próximo modelo elétrico da GR é um exemplo das mudanças ocorridas na Toyota. Agora, a empresa está mais aberta a ideias inovadoras e menos presa a uma abordagem hierárquica de cima para baixo. “Acredito que posso dizer, com base nesse exemplo, que a Toyota realmente se transformou em uma empresa onde os funcionários têm liberdade para explorar ideias interessantes, transformá-las em um carro e permitir que as pessoas façam um test-drive”, afirmou.

Mudança de chave

Embora a Toyota tenha sido criticada por sua suposta demora em desenvolver veículos elétricos com bateria, devido ao seu foco em tecnologias de hidrogênio e veículos híbridos, parece que a situação está mudando.

Poucos dias após Le Mans, a Toyota anunciou planos ambiciosos para o desenvolvimento de baterias e veículos elétricos. A empresa está buscando uma bateria de estado sólido com autonomia de 900 milhas até o final da década.

Além disso, já confirmaram que lançarão 10 novos modelos de veículos elétricos até 2026, sendo pelo menos um deles um carro esportivo. Nos últimos anos, a Toyota apresentou dois conceitos de veículos elétricos: um com aparência de carro esportivo de motor central e outro que se assemelha a um supercarro com motor dianteiro, como o LFA. A diferença é que esses conceitos não possuem os motores, é claro.

Leia também:

Quais descontos posso conseguir na compra de um carro novo?

Toyota Land Cruiser será ressuscitado

Incrível: Nova Lotus Elise elétrica leva apenas seis minutos para carregar