Quanto vai custar a nova Saveiro 2024?

Preço da versão Robust sobe!

Quanto vai custar a nova Saveiro 2024
(Divulgação)

Quanto vai custar a nova Saveiro 2024? Conheça os calores desse modelo. A Volkswagen Saveiro 2024, uma das picapes mais tradicionais do mercado, já está com um novo preço. Recentemente, a montadora anunciou um reajuste, afetando apenas a versão de entrada, a Robust com cabine simples. Mas afinal, quanto vai custar a nova Saveiro 2024?

Após sua estreia há pouco mais de quatro meses, a Saveiro 2024 sofreu seu primeiro aumento de preço. O valor da versão Robust com cabine simples saltou de R$ 95.770 para R$ 97.690, representando um acréscimo de R$ 1.920.

No entanto, as demais configurações mantiveram os preços de lançamento. A Robust com cabine dupla permanece em R$ 101.490, enquanto a Trendline com cabine simples está tabelada em R$ 109.710. Já a opção de topo, a Extreme com cabine dupla, continua com o preço de R$ 114.580.

Quanto vai custar a nova Saveiro 2024 preço
(Divulgação)

Quanto vai custar a nova Saveiro 2024? Mudanças na linha da Saveiro 2024

Apesar das mudanças pontuais, a veterana Saveiro continua atraindo olhares e mantendo sua posição no mercado automotivo. Com mais de 40 anos de história, a picape da Volkswagen segue com a mesma mecânica, resistindo às inovações das concorrentes.

A linha 2024 recebeu uma reestilização, destacando-se por um visual mais robusto. A dianteira foi renovada, com um capô mais alto, grade frontal ampliada com friso cromado, além de faróis e para-choques redesenhados. Ademais, algumas modificações estruturais no conjunto de suspensão foram implementadas.

Entretanto, o motor 1.6 aspirado, que entrega até 116 cv com etanol, permanece inalterado em todas as versões da Saveiro. O câmbio, por sua vez, continua sendo manual de cinco marchas. Embora ofereça uma condução sólida, essa mecânica já demonstra sinais de cansaço.

Público fiel mantém a Saveiro em destaque

Apesar das inovações dos concorrentes, a Saveiro mantém seu público cativo. Em outubro, foi a segunda picape mais vendida do país, ficando atrás apenas da Fiat Strada. No acumulado do ano, ocupa uma confortável terceira posição no ranking geral de picapes.

Dessa forma, mesmo com especulações sobre o futuro do modelo diante da “morte” do Gol, a Volkswagen não deve abrir mão da Saveiro tão cedo. Sua tradição e desempenho consistente continuam atraindo admiradores, garantindo seu lugar no mercado automotivo brasileiro.

Leia também: