Fiat Titano encara Hilux Ranger e S10 com preço mais baixo que concorrentes

Modelo é mais barato, mas pode deixar a desejar em determinados quesitos

Fiat Titano lançamento
(Divulgação)

No cenário competitivo das picapes médias, onde nomes como Toyota Hilux, Chevrolet S10 e Ford Ranger reinam, a Fiat apresenta sua nova aposta: a Titano. No entanto, as primeiras impressões sugerem que a marca italiana pode ter focado demasiadamente no preço, deixando de lado o refinamento necessário para competir de igual para igual nesse segmento de prestígio.

Origens Reveladas e Falta de Diferenciais

A base da Fiat Titano é a Peugeot Landtrek, fruto de uma parceria com a chinesa Changan e inicialmente concebida como o Kaicheng F70. Após uma reestilização e modernização na China, o veículo foi trazido para o mercado brasileiro sob a marca Peugeot, mas a aquisição da Peugeot pela Stellantis levou à mudança para o nome mais forte da Fiat.

Com dimensões padrão para o segmento e capacidade de carga na caçamba alinhada com a concorrência, a Titano não traz grandes diferenciais em termos de arquitetura e mecânica. Seu motor 2.2 turbodiesel BlueHDI, recalibrado para entregar 180 cv e 40,8 kgfm de torque, é oriundo dos furgões do grupo PSA e demonstra ser competente, mas não excepcional.

fiat titano preço
(Divulgação)

Design e Identidade Visual Limitados

Em termos de design, a Fiat optou por mudanças mínimas, como uma nova grade frontal e rodas atualizadas. Na versão Ranch, alguns elementos internos, como o volante e comandos, remetem claramente à marca Peugeot, sugerindo uma adaptação simples e básica da identidade visual.

Desempenho e Conforto Questionáveis

Apesar da reputação da Stellantis no acerto de suspensões, a Titano deixa a desejar em termos de conforto e refinamento. Em estradas de terra e asfalto irregular, sua rigidez se faz presente, transmitindo todas as imperfeições para dentro da cabine e comprometendo o conforto dos ocupantes.

Além disso, o comportamento da picape fora-de-estrada revela sua verdadeira natureza, com pulos e sacolejos perceptíveis que podem causar desconforto aos passageiros. Apesar do motor competente, o câmbio automático de 6 marchas pode apresentar trocas frequentes e acelerações mais bruscas em velocidades mais altas.

fiat titano valor
(Divulgação)

Vale a Pena Investir?

A falta de refinamento na calibração da suspensão, aliada à ausência de alguns itens de segurança mais avançados e à discrepância entre a origem Peugeot e a identidade visual Fiat, podem afastar os consumidores mais exigentes desse segmento. No entanto, para aqueles que priorizam o preço e a praticidade, especialmente nas versões Endurance e Volcano, a Titano ainda pode se mostrar uma opção competitiva.

Leia rambém: