Peugeot 208 e 2008 híbridos serão lançados no Brasil

Novidade relevante para o mercado automotivo brasileiro

Peugeot 208 e 2008 híbridos
(Foto: Divulgação/Peugeot)

A Peugeot, sob a guarda-chuva da Stellantis, está prestes a redefinir o cenário automotivo brasileiro. Desde sua integração ao grupo, a marca do leão vem demonstrando um crescimento notável no mercado nacional. Agora, a empresa se prepara para um lançamento impactante. Além da aguardada nova geração de 2008, a montadora tem planos de apresentar em breve as versões híbridas do SUV compacto e do icônico hatch 208. Ambas estão programadas para chegar às ruas em 2024.

Embora os lançamentos ainda não tenham sido oficialmente confirmados, Felipe Daemon, vice-presidente da Peugeot, indicou ao portal Automotive Business que “2023 e 2024, em conjunto, serão os grandes anos da marca Peugeot”. Caso essa previsão se concretize, tanto o 2008 quanto o 208 serão apresentados com um conjunto híbrido-leve sob o capô, proporcionando uma revolução tanto em desempenho quanto em eficiência.

Após receber o aguardado motor 1.0 turbo da Stellantis, o Peugeot 208 ganhará uma configuração híbrida-leve. Essa atualização não só promete uma renovação visual, alinhada com o facelift apresentado na Europa, mas também um aprimoramento significativo no desempenho do veículo.

Peugeot 208 e 2008 híbridos Brasil
(Foto: Divulgação/Peugeot)

A expectativa é de que a nova geração do SUV 2008 chegue ao mercado brasileiro antes de 208. A geração atual, presente desde 2013, apresenta alterações sem alterações ao longo de uma década. No entanto, sua contraparte internacional já circula desde 2019. Com a produção da segunda geração do SUV sendo oferta para a planta de El Palomar, na Argentina, a proximidade com o irmão 208 na linha de produção se torna evidente.

Leia também:

Quanto ao sistema de propulsão, as apostas para o novo Peugeot 2008 incluem os motores 1.0 turbo e 1.3 turbo, já presentes em outros modelos da Stellantis. Entretanto, detalhes específicos sobre o conjunto híbrido-leve ainda estão por vir. Em termos de design, podemos esperar a mesma reestilização aplicada ao mercado europeu.

Além desses lançamentos, há uma forte especulação sobre um SUV de entrada inédito para o Brasil. Posicionado abaixo de 2008, esse modelo, que compartilha a plataforma modular com o Citroën C3, tem potencial para ser o tão aguardado 1008. Projetado como um SUV compacto com aproximadamente 4,15 metros de comprimento, a produção deve ter como lar a fábrica de Porto Real (RJ), criando um espaço significativo após o lançamento da atual geração de 2008. Com isso, a Peugeot se posiciona como uma força transformadora no mercado automotivo brasileiro, trazendo inovação e eficiência para o centro das atenções.